Justiça do Trabalho em Paulo Afonso é destaque com Iniciativa que busca solucionar conflitos por meio de conciliação.

Buscar soluções através de uma conversa prévia entre as partes em um ambiente neutro antes mesmo das audiências: esse é o método adotado pela Vara do Trabalho de Paulo Afonso para garantir soluções de conflitos por meio da conciliação.

A boa prática, criada pela juíza titular Mirella Grassi, com o apoio do assistente Esdras Cabral e da calculista Magna Feitosa, consiste em conversar com as partes antes da audiência e apresentar cálculos para que cheguem a um consenso.

Ambos os servidores participaram de um curso de mediação oferecido pelo TRT5-BA, por meio de Educação à Distância (EAD). Eles também são graduados em Direito e especialistas em Processo e Direito do Trabalho.

Os processos podem ser conciliados em qualquer fase (conhecimento, liquidação ou na execução). A conciliação previamente à audiência tem a vantagem de possibilitar que as partes tenham mais tempo para discutir, refletir e encontrar a melhor maneira de resolver o conflito, o que nem sempre é possível em uma audiência inicial, considerando-se a dinâmica com que ocorrem”, comenta.

A iniciativa tem conseguido aumentar o número de acordos judiciais na Unidade, sendo objeto inclusive de elogios por parte da Corregedoria Regional. A VT de Paulo Afonso passou da 24ª posição em 2017 para a 8ª colocação em 2019, dentre as Varas do Trabalho que percentualmente mais conciliam na Bahia.

*JOSÉ LUIZ NETO. É advogado Do Escritório

Luiz Neto Advogados Associados

www.luizneto.adv.br / advluizneto@gmail.com

Fonte: Secom TRT5 (Fabricio Ferrarez)